logo_iDEA-01.png

loja online

E-book Escrevivências: Identidade, Gênero E Violência Na Obra De Conceição Evaristo

Código de Produto 00003
R$20.00
Em estoque
1
Detalhes do produto

Observação: para pagar com o cartão de crédito é necessário clicar em "ADICIONAR AO CARRINHO", logo

aparecerá a opção "PAY PAL FINALIZAR". Você deverá clicar neste botão e preencher o cadastro do paypal para

finalizar o pagamento.

Escrevivências: Identidade, Gênero E Violência Na Obra De Conceição Evaristo

Foi a admiração pela obra da autora conceição evaristo, o reconhecimento de sua importância para a literatura brasileira e o desejo de contribuir para divulgá-la ainda mais junto aos estudiosos e novos leitores, que levou o grupo de pesquisa letras de minas - mulheres em letras e a editora idea a reunir textos de estudiosos de sua obra no livro "escrevivências: identidade, gênero e violência na obra de conceição evaristo” (editora idea, 2016). o livro se estrutura em cinco partes, que se entrelaçam, dialogam e ampliam seus leques de significação, emergindo como instigantes suplementos de leitura. Alguns foram apresentados nos colóquios mulheres em letras, que o grupo de pesquisa letras de minas organiza anualmente; outros foram incluídos com o propósito de revelar a diversidade de estudos e abordagens que a obra proporciona, ao compará-la com a de outros autores (e autoras) brasileiros e estrangeiros. no momento em que a escritora completa setenta anos acumulando experiências e sabedoria, o livro escrevivências... é lançado como contribuição à recepção crítica, e como homenagem pelo percurso vitorioso de conceição evaristo, que amplia o mundo da literatura para outras mulheres negras.

Dividido em cinco partes, este livro traz ensaios de pesquisadores que se debruçaram sobre os textos de Conceição e extraem deles os múltiplos significados, abordando temas como trauma e memória, o corpo negro e a magia da palavra. Conceição Evaristo, ao lado de outras escritoras afro-brasileiras contemporâneas, atualiza uma tradição que tem no passado referências como Maria Firmina e Carolina de Jesus e que vem ampliando o leque de possibilidades de participação da mulher negra na literatura.

Constância Lima Duarte, Cristiane Côrtes, Maria do Rosário A. Pereira são as organizadoras.

Responder Encaminhar
Salvar este produto para mais tarde
DÚVIDAS? Entre em contato com a gente

Rua Bernardo Guimarães, 1200.

Roney ou Bárbara : Tel: (31) 3309-1518 - WhatsApp: (31) 99633 1215