Inscreva-se no curso

Ao clicar no botão de inscrever-se, você será redirecionado para nossa página no Hotmart para concluir a compra do seu curso!

R$290,00

Em até 10x

Curso online sobre Revolução Industrial com o professor Adhemar Marques no Idea Casa de Cultura

Aula 1: Caracterização da produção de objetos sacros em Minas Gerais.
Aula 2: As corporações de ofício e os métodos de produção da imaginária religiosa.
Aula 3: Barroco e Rococó. Diferenças marcantes na imaginária.
Aula 4: Hieratismo ou respeito ao sagrado e as liberdades expressionistas barrocas.
Aula 5: Resumo da produção do Aleijadinho.
Aula 6: Quem foi o Aleijadinho?
Aula 7: Cronologia da produção do Aleijadinho.
Aula 8: Segunda fase do Aleijadinho (1775-1790)
Aula 9: A conquista da expressão sublimada.
Aula 10: Fase final da produção do Aleijadinho (1790-1812)
Aula 11: Erudição e populismo: Passo da Prisão.
Aula 12: A capela do santuário de Congonhas. Histórico da construção e análise dos profetas no escadório.

Aleijadinho e a Imaginária Religiosa

5 HORAS DE AULAS

Aula 7: Cronologia da produção do Aleijadinho.

Obras importantes da primeira fase, período de formação do estilo. Os relicários de Congonhas. Documentos do gosto francês: o rococó. Anatomia rude e monumental. As duas imagens de Nossa Senhora da Piedade: Caeté e Felixlândia. Influências bávaras.

CONTEÚDO

Caracterização da produção de objetos

Processos de criação e técnicas de feitura. Distinção de estilos e observação de qualidade. Fontes de inspiração. Imagens eruditas e imagens populares. Os santos do “pau-oco”.

As corporações de ofício e os métodos de produção da imaginária religiosa.

Características do barroco inicial e do barroco pleno na produção de imagens na colônia mineira. Algumas das mais antigas imagens em Minas Gerais. O teatralismo barroco nas imagens de meados do século XVIII. Características mineiras: o Aleijadinho Barroco e a transição ao gosto francês do rococó. Influências bávaras.

Barroco e Rococó. Diferenças marcantes na imaginária.

Teatralismo expressionista e teatralismo naturalista. Técnicas de policromia. Comparações de excelências do trabalho de escultor. Escolas mineiras: Mestre de Sabará, Mestre de Piranga, Mestre de Cajuru, Mestre de Barão de Cocais, José Coelho de Noronha, Padre Félix Antônio Lisboa. Tipicidades formais.

Hieratismo ou respeito ao sagrado e as liberdades expressionistas barrocas.

Imagens processionais e imagens artísticas. Imagens de roca e imagens de vestir: tradições e variedades técnicas. Imagens de bastidor, imagens articuladas, vestes. As imagens de vestir produzidas pelo Aleijadinho. Oratórios domésticos, variedades e usos. Presépios.

Resumo da produção do Aleijadinho.

As três fases segundo Myriam Ribeiro. Primeira fase: a formação do estilo (1760-1774). Segunda fase: a realidade idealizada (1765 a 1790). Terceira fase: a espiritualidade sublimada (1790-1812). A produção do mestre no Sacro-Monte de Congonhas. Significado do santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, as irmandades do Senhor dos Passos e a construção do santuário. Tradições portuguesas e os passos do Aleijadinho. Santa Ceia: primeiras características formais do estilo do Aleijadinho em Congonhas. O Cristo da Agonia, obra-prima da arte brasileira.

Quem foi o Aleijadinho?

ANTÔNIO FRANCISCO LISBOA, O ALEIJADINHO (1738-1814)
CRONOLOGIA DAS IMAGENS DEVOCIONAIS E O SACRO-MONTE DE CONGONHAS
Primeiras notícias biográficas confiáveis. As dúvidas sobre o ano de nascimento. Os possíveis mestres: a influência de João Gomes Batista e a admiração por Francisco Xavier de Brito. Referências modernas importantes. A primeira fase: formação do estilo. Características formais. O gosto barroco e o conhecimento do estilo rococó. As fontes de inspiração.

Aula 8: Segunda fase do Aleijadinho (1775-1790)

Obras-primas da realidade idealizada: São João da Cruz e São Simão Stock em Sabará. As estampas europeias do estilo rococó. A afirmação do rococó. Naturalismo e idealização aristocrática na afirmação do estilo rococó pelo Aleijadinho. A relação com o Mestre Ataíde. Comparações com esculturas rococós bávaras semelhantes. Os atlantes do coro da Capela do Carmo de Sabará e o São João Nepomuceno de Mariana: obras-primas do rococó em Minas Gerais.

Aula 9: A conquista da expressão sublimada.

Aleijadinho, hieratismo e barroco: a importante imagem de N. Sra. das Dores do Museu de Arte Sacra de São Paulo. As doenças do Aleijadinho.

Aula 10: Fase final da produção do Aleijadinho (1790-1812)

A espiritualidade sublimada. As contribuições do mestre no Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos de Congonhas (1796-1805).

Nosso curso obedece à uma criteriosa interpretação estilística da produção das imagens em madeira que surgiram em Minas Gerais ao longo dos tempos coloniais, mostrando a evolução desta arte que então se desprendia do estilo barroco em voga para abordar os formalismos do rococó religioso.

Estarão em destaque comparações das esculturas do Aleijadinho com imagens do rococó europeu, principalmente aquelas desenvolvidas na região da Baviera na Alemanha, de onde se originaram as estampas gravadas com motivos decorativos que lhe serviam de inspiração estilística. Além da obra do Aleijadinho, trataremos a imaginária do dito “Barroco Mineiro” através de outros artistas como Francisco Xavier de Brito, Francisco Viera Servas, Padre Félix Lisboa, irmão do Aleijadinho, e alguns dos mais importantes mestres anônimos como Mestre de Sabará, Mestre de Piranga, Mestre do Cajuru, Mestre de Barão de Cocais.

Trataremos também o significado simbólico e estilístico do trabalho do Aleijadinho e sua equipe de oficiais no Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos em Congonhas.

Conheça

Prof. Marco Elizio

Marco Elizio de Paiva é historiador pela PUC-Minas e mestre em história da arte moderna pela University of Texas at Austin. Foi professor adjunto do Departamento de Artes Plásticas da Escola de Belas Artes da UFMG por 32 anos, onde foi também diretor. É coordenador do Curso de Especialização em História da Arte da PUC-Minas e estudioso da arte colonial brasileira, arte pré-colombiana das Américas, arte barroca, arte russa e arte islâmica. Tem trabalhado atualmente como Travel Consultant em roteiros culturais, especialmente os que envolvem a arte pré-colombiana, a arte barroca na Itália, Portugal e Brasil, a arte islâmica, assim como a história e a arte da Rússia.

Sobre o IDEA

6 anos de arte e cultura

Cursos online sobre Artes, Filosofia, História, Mitologia, Literatura
e tantos outros. Loja online e editora.

Como funciona a estrutura do curso

Você assiste aulas online

Após a compra, você receberá em seu e-mail o link para acessar seu curso. Nossas aulas estão na plataforma da Hotmart e são divididas em capítulos. O curso ficará disponível para ver e rever, durante 3 anos, a partir da sua compra.

01

Você pode comunicar com o professor

Durante suas aulas, na plataforma do Hotmart, você terá acesso ao contato do professor para dialogar e retirar dúvidas .

02

Receba seu certificado

Após a finalização de todas as aulas, além de poder rever, tirar dúvidas e estudar o material complementar proposto pelo professor, você receberá seu certificado de conclusão do curso.

03

Aleijadinho e a Imaginária Religiosa

Arte sacra em Minas Gerais: os mestres da imaginária mineira. Curso exclusivo e fartamente ilustrado sobre a arte sacra mineira com destaque nas esculturas devocionais aqui existentes ao longo do século XVIII. Cronologia das imagens produzidas pelo Aleijadinho e suas fontes estilísticas europeias; das imagens devocionais ao Sacro-Monte de Congonhas (estilos, obras-primas e ajudantes).

Curso com

Prof. Marco Elizio

Barroco Mineiro, está com um desconto especial. De R$290 por R$240. Aproveite.

Oferta especial