Professor Sérgio Mauro

Sérgio Mauro, atualmente aposentado, foi professor de literatura italiana na UNESP de Araraquara entre maio de 1986 e dezembro de 2019. Tradutor e escritor, tem vários artigos acadêmicos publicados. Foi diretor da Revista de Letras da UNESP de 2010 a 2019. Traduziu cinco livros de autores importantes da literatura italiana e publicou em 1994 o livro de contos "O sorriso do carrasco".

Se inscreva

Próximos eventos

  • Tópicos em Filosofia - Curso completo
    qua., 08 de jun.
    Tópicos em Filosofia - Curso completo
    08 de jun. 19:30 – 07 de dez. 22:00
    Tópicos em Filosofia - Curso completo
    Compartilhar
  • Masterclass gratuita com Luiz Flavio - Platão e os horizontes da Metafísica
    13 de jul. 19:30
    Masterclass filosofia via youtube
    Compartilhar
  • Tópicos em Filosofia - Módulo 2
    qua., 13 de jul.
    Tópicos em Filosofia - Módulo 2
    13 de jul. 19:30 – 03 de ago. 22:00
    Tópicos em Filosofia - Módulo 2
    Compartilhar

Nosso breve curso terá como objetivo sintetizar em duas aulas as características marcantes da genialidade dos escritores italianos. O destaque ficará por conta do maior poeta italiano, Dante Alighieri, e de seus legítimos "sucessores" : Francesco Petrarca e Boccaccio. Devido à brevidade do curso, faremos apenas referências obrigatórias a outros gênios como Leonardo da Vinci e Ariosto. Com relação a Dante, analisaremos alguns brilhantes cantos da Divina Comédia e procuraremos demonstrar a atualidade da poesia e do pensamento do "divino" poeta.

Curso Os Gênios da Itália
Professor Sérgio Mauro
30 de Maio e 06 de junho
19:30 às 21h

Ao vivo online*
Caso você não possa ver ao vivo, receberá o link da gravação.

Os Gênios da Itália

Dante, Petrarca, Boccaccio e Leonardo Da Vinci

Conteúdo

Aula 1

1) Contradições e traumas comuns a grandes gênios italianos (do século XIV aos nossos dias);
a) Dante – A Divina Comédia;
b) Inferno- cantos V, X, XXVI e XXXIII
c) Purgatorio- cantos I, XVI E XXXIII
d) Paradiso – cantos I, XI, XVI-XVII e XXXIII

Aula 2

1) A necessidade de conciliar a fé cristã e a admiração pela cultura clássica pagã: Dante e Petrarca;
2) Petrarca – IL Canzoniere – Sonetos I e III;;
3) A “transgressão” do humanista Boccaccio: erotismo e anticlericalismo no “Decamerone;
4) A ausência de uma nação italiana unida e a repercussão na poesia de Dante e de Petrarca;
5) Leonardo da Vinci